• Energia Limpa

LIXO FORNECE ENERGIA LIMPA

Imagine poder transformar o lixo gerado pela população em energia limpa?


Aterro Sanitário Indaiatuba

Pode parecer estranho, mas sim, isso é possível. O aproveitamento energético do lixo é um

processo viável e está em expansão que transforma o gás de aterro, conhecido como gás metano, em energia elétrica.


Muitos países já experimentam esse processo e o Brasil também. A Lei Nacional de Resíduos Sólidos exige que lixões sejam desativados e que encaminhem os resíduos para aterros sanitários.


Segundo o Ministério do Meio Ambiente, o potencial de geração de energia elétrica é de cerca de 300 megawatts, o suficiente para abastecer quase 6 milhões de habitantes, o equivalente à população do Rio de Janeiro.


Existem dois tipos de processo: a queima direta dos resíduos ou a queima do biogás produzido a partir da decomposição da matéria orgânica do lixo.


No Brasil, onde gera-se 182.728 toneladas de lixo por dia, a disponibilidade de terra torna mais fácil a opção pelos aterros.


Restos de comida, podas de árvore e restos de animais e vegetais são matérias orgânicas que demoram seis meses para se transformar em metano. O metano é um dos gases combustível responsável pelo efeito estufa e chega a ser de 20 a 23 vezes mais danoso para a atmosfera que o dióxido de carbono. A sua simples queima, mesmo sem aproveitamento energético, já assegura um benefício ambiental uma vez que transforma CH4 (metano) em CO2 (dióxido de carbono).


Vantagens desse processo?


A venda dos créditos de carbono, possibilitando a redução em até 12% de emissões de gases estufa e a venda de energia elétrica.



Aterros Sanitários em Indaiatuba – CORPUS


Em meio a inúmeros avanços tecnológicos, a Corpus foi a 1ª empresa da América Latina a implantar o sistema de coleta soterrada em suas atividades.

Os aterros sanitários gerenciados pelo Grupo Corpus possuem notas elevadas no Inventário de Resíduos Sólidos Urbanos da CETESB, órgão responsável pelos índices de qualidade ambiental no Estado de São Paulo.


Pelo 9º ano consecutivo, o Aterro Sanitário em Indaiatuba ficou com nota 9,8 no IQR– Índice de Qualidade de Aterro de Resíduos (dados de 2017). Já o Aterro Sanitário da cidade de Salto recebeu avaliação 9,6 pelo 6º ano seguido na análise que considera características locacionais, estruturais e operacionais dos locais de tratamento e disposição de resíduos.


​Os constantes bons resultados mostram que a empresa Corpus segue firme no seu comprometimento com o meio ambiente e a qualidade de vida das pessoas​!


101 visualizações